Escala de Notas

Classificação de riscos

A classificação de riscos de crédito se expressa pela mensuração do risco de default (não cumprimento pontual) de qualquer obrigação assumida por uma entidade, bem como da sua atuação nas áreas de gestão ou fidúcia. As classificações de risco da SR englobam entidades públicas e privadas e emissores soberanos e sub-soberanos, nacionais ou estrangeiros.

 

Os detalhados relatórios da SR Rating acompanham as notas atribuídas. Os relatórios emitem opiniões expressas de forma simples e objetiva sendo de fácil compreensão pelos investidores como suporte nas suas decisões de aplicação de recursos.

Experiência: padrão global + experiêncial local

Método de atribuição de notas ajustado em torno da “GLC Scale” – Global Local Currency Scale (Escala Global em moeda local)

 

 

  • Garantindo uma relação com a probabilidade de default (probabilidade de inadimplência ou, simplesmente, de impontualidade), além de comparabilidade com outras agências.

  • Posteriormente convertida em uma nota equivalente em escala local, denominada “equivalência br”, cuja paridade é de no máximo 6 degraus acima, em função das peculiaridades locais, mas nunca relativizada por completo, o que traz forte prejuízo de interpretação nos períodos de maior intensidade de crises econômicas.

Aplicação do risco macroeconômico como pilar central da avaliação de risco.

  • Interpretação de riscos no longo prazo, aderente ao propósito do rating. O mercado oscila; um “bom” rating, não!

  • Sólido e comprovado conhecimento da macroeconomia brasileira, não só diagnosticado assertivamente em nosso rating soberano. 

Escala Global Clássica (Longo prazo, em moeda local)

Equivalência "br" (Escala nacional de longo prazo)

Escala de risco de gestão

G1SR

Segurança ótima. Fatores de proteção muito fortes.

Vulnerabilidade quase desprezível a fatores de risco internos ou do ambiente.

 

G2+SR  |  G2SR  |  G2-SR  

Segurança muito boa. Fatores de proteção fortes ou satisfatórios. Riscos internos de gestão muito baixos e vulnerabilidade ao ambiente externo bastante reduzida.

 

G3+SR  |  G3SR  |  G3-SR   

Segurança boa. Fatores de proteção adequados ou, pelo menos razoáveis. Riscos por fatores internos ou ambientais, em geral, baixos. Algumas vulnerabilidades a mudanças bruscas, internas ou do ambiente.

 

G4+SR  |  G4SR  |  G4-SR    

Segurança mediana. Fatores de proteção minimamente aceitáveis. Fatores de risco, internos ou do ambiente, medianos. O gestor apresenta certas vulnerabilidades a mudanças mesmo previsíveis, do quadro interno ou do ambiente.

 

G5SR

Segurança mediana a baixa. Fatores de proteção entre aceitáveis e sub-standard. Fatores de risco, internos ou do ambiente, medianos a altos. O gestor apresenta vulnerabilidades aparentes a mudanças mesmo previsíveis, do quadro interno ou do ambiente.

 

Tabela de referência cruzada

Rio de Janeiro

Rua Duque Estrada, 81

Gávea - Rio de Janeiro - RJ 

CEP 22451-090  -  Brasil 
tel: +55 (21) 2263 7456 
tel: +55 (21) 2233 0350 

contato@srrating.com.br

Parceiro Internacional

logo-arc2.png

© 2020 SR Rating